Livro darque imagem

 

O livro – Darque o Outro Lado da Cidade de Viana do Castelo

 

UM LIVRO QUE SE RECOMENDA:

Apreciação por Dra Maria Flora Silva

É o título – “Darque, o outro lado de Viana do Castelo” – largamente sugestivo e ambíguo quanto baste para desvelar as intencionalidades da obra.

É, em primeiro lugar, um livro de homenagem a Darque e à sua gente «criativa e pundonorosa» cujas raízes históricas mergulham na civilização celta e que lhe ficou inscrita, em marca de água, no próprio topónimo.

Com base numa cuidada investigação, Cândido Gonçalves defende a tese original de que o topónimo Darque derivará etimologicamente da palavra celta Darik, evocativa do culto druídico da floresta de carvalhos, tese tão mais arrojada por se opor à de origem latina defendida por Luís Figueiredo da Guerra ou à de origem moçárabe de Almeida Fernandes.

A segunda intencionalidade marcada no subtítulo – o outro lado de Viana do Castelo – é a de denunciar o desigual tratamento das duas margens do Lima, na esperança de que este livro possa contribuir para « reverter a desatenção a que esta terra e os seus 7.817 habitantes têm estado votados».

A outra intencionalidade , mais subliminarmente positiva , é a que o cidadão Cândido Gonçalves, que aqui viveu mais de metade da sua vida, ambiciona para a sua terra de eleição – a imagem reflectida da cidade no espelho do Lima, generalizadamente reconhecida pela excelência do seu património construído e natural, pela preservação da sua matriz identitária, pelo orgulho de pertença a um território único e singular onde apetece viver.

É pois com esta tripla ambição de homenagem, de denúncia e de esperança de mais atenção para esta freguesia, patrimonial e socialmente desequilibrada desde o boom construtivo das décadas 70 – 80 do século passado, que o autor mergulha na longa história deste velho burgo e lhe traça o percurso histórico mas também sociocultural e económico desde a primeira referência documental datada do ano 985 até aos nossos dias.

A evocação sintética de figuras e factos quase míticos como a provável passagem do exército de Decius Junus Brutus no cais de S. Lourenço e a lenda do rio Lethes ; as visitas reais de D. António Prior do Crato em 1580 que terá acostado clandestinamente no cais do Cabedelo , em fuga para Inglaterra, com a ajuda dos darquenses ; a do rei D. Luís, em 1887, para bater a primeira estaca para o desassoreamento do Lima ; a pesqueira real dos Duques de Bragança ou a evocação de episódios de mobilização popular nas Invasões Francesas ou na falhada desanexação da praia do Cabedelo de Darque para Viana ; a evocação de figuras populares como os Bateladas ou os Camisões , barqueiros de rio acima cuja actividade resistiu até aos anos 50 – 60 ; a carismática Taipeira , maestrina de gigantones e cabeçudos verdadeiros ícones da Romaria da Agonia ; o Manica , actor que alimentou o gosto dos darquenses pelo teatro popular ; o Costureirinha que afinal era barbeiro ; o Fivelas , poeta popular ; o Nelinho dos jornais ou as parteiras do povo Micas Barroselas, Apolónia ou Joana Pepina ou ainda a evocação de figuras mais ilustres como o generoso farmacêutico Dr. Vieira ou o pioneiro da radiologia em Portugal , Dr. Carteado Mena e sua mulher Guilhermina Suggia , violoncelista de reconhecido mérito internacional ou o Comendador Carteado Monteiro que em 1913 foi presidente do Clube Republicano de Darque e membro da direcção da Cruz Vermelha ou ainda a síntese da imprensa darquense e dos seus poetas mais dilectos , dos quais transcreve significativos poemas de louvor a Darque e ao Lima , figuras que residem na memória colectiva deste povo e lhe dão identidade …

É com aturado estudo e criteriosa investigação que Cândido Gonçalves almeja a difícil síntese dum riquíssimo património que urgia conhecer e fá-lo com o espírito crítico e a sensibilidade de quem acredita que é possível um desenvolvimento de maior qualidade para esta freguesia da cidade

À venda na Junta de Freguesia pelo preço de 19,50€

258 321 150
jf-darque@mail.telepac.pt
 
Calendário
Jan0 Posts
Fev0 Posts
Abr0 Posts
Mai0 Posts
Jun0 Posts
Jul0 Posts
Ago0 Posts
Set0 Posts
Out0 Posts
Nov0 Posts
Dez0 Posts
Mar0 Posts
Abr0 Posts
Mai0 Posts
Ago0 Posts
Set0 Posts
Out0 Posts
Nov0 Posts
Dez0 Posts
Jan0 Posts
Fev0 Posts
Jul0 Posts
Set0 Posts
Out0 Posts

facebook